TERÇA A DOMINGO
10H // 13H — 14H // 18H
ENCERRA SEGUNDA
ENTRADA GERAL: 2€
Terça-Feira – Entrada Gratuita
SUBSCREVER NEWSLETTER
subscrição bem sucedida
Todos os direitos reservados
© AMJP . 2016  /  ficha técnica
© luísa ferreira / 2013
© luísa ferreira / 2013
© luísa ferreira / 2013
© luísa ferreira / 2013
Exposições // PASSADO

Exposição:
“Tratado dos olhos”

Artistas:
Júlio Pomar

Curadoria:
Paulo Pires do Vale

28 de Fevereiro de 2014 - 28 de Setembro de 2014

 

A exposição "Tratado dos olhos" é um (auto)retrato do artista enquanto vidente: uma apresentação do seu modo próprio de olhar. Mas como dar a ver o olhar? Para revelar os olhos do pintor, fazemos um desvio da sua prática artística bem conhecida, e tornamos acessível, colocando no centro da exposição, uma parte fundamental da obra de Júlio Pomar, desconhecida de muitos: os escritos sobre arte que tem vindo a publicar desde os anos 40. A parte escrita: uma reflexão profunda e continuada sobre o ofício de pintor e o trabalho no atelier, uma análise crítica da obra de outros artistas e da sua própria obra, uma procura exigente de maior compreensão, pela palavra, da relação entre a arte e a vida.

A partir da centralidade dos textos, interrogamos o modo como o olhar do pintor, o seu ponto-de-vista pessoal, se formou e quais as suas influências: as conversas com outros (um auto-retrato no café), as leituras (uma parte da biblioteca), a atenção ao mundo em que vive, o olhar para as obras de outros pintores –Uccelo, Chardin, Delacroix, Ingres, Courbet, Goya, Malevich, Bacon...

Assim, a exposição aproxima-nos de telas de Pomar em que a influência directa de outros pintores é determinante; de pequenos cadernos de apontamentos e de desenhos de viagens,de visitas a museus; de livros que leu ou ilustrou; das palavras e de entrevistas que deu ao longo dos anos.

Deste modo, "Tratado dos olhos", questiona o que é ver e propõe uma relação íntima entre o olhar, a mão e a palavra na obra – escrita e artística - de Júlio Pomar.

[Paulo Pires do Vale]

 

A exposição "Tratado dos olhos" envolve:

> A publicação de três volumes com os textos de Júlio Pomar - edição realizada pelo Atelier-Museu em parceria com a Documenta.

> Um filme da realizadora Catarina Mourão, concebido e desenvolvido com o curador, a partir de textos de Júlio Pomar.

> Dispositivos de exposição desenhados pelos arquitectos Joana Vilhena e Ricardo Carvalho (RCJV arquitectos).

> O catálogo da exposição, com textos do curador, Paulo Pires do Vale, e de Catarina Rosendo; com fotografias da exposição, das obras expostas e integrando o filme realizado para a ocasião.

 

No âmbito da exposição:

> Será apresentado o filme “Uma visita ao Louvre” (2003) de Jean-Marie Straub e Danièle Huillet (a partir de textos de Cézanne).

> Realizar-se-á um colóquio sobre “Escritos de artistas” com a participação de Júlio Pomar, Rui Chafes, Catarina Rosendo, Sara Antónia Matos e Paulo Pires do Vale.

> Visitas guiadas pelo curador.

> Oficinas de escrita, desenvolvidas no contexto do Serviço Educativo do Atelier-Museu.

  voltar